sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Em guerra com a OPTIMUS


Em Julho do ano transacto fiz a maior borrada do ano. E porquê (perguntarão vocês)? Comprei um telemóvel (caro para c#$"!, diga-se) e fidelizei-me à Optimus.

O telemóvel é exclusivo de duas redes nacionais. Uma delas, a dita cuja, oferecia-me o valor do telemóvel menos 1€, diluído num crédito por doze meses. Receberia, durante 12 meses, 41€ c/ IVA de comunicações.

Ora bem! Iludido pelo aparelho (alto gadget, cheio de potencialidades, a coqueluche do momento), dei a dinheirada toda (não estou arrependido, porque o telemóvel é o poder).

Primeiro a Optimus não envia facturas detalhadas, dizem que é por causa do ambiente (tretas). O cliente vê-se obrigado a implorar pela senhora dona de 10 páginas. É quase preciso fazer promessas e rogar pragas.

Depois eu tenho dois créditos. Um entra em vigor aos 11 de cada mês. O outro (o dos 41€ c/IVA e 35 s/IVA) é dado aos 15 do mês. Depois tenho 200 mensagens e 250 MB (que nunca gasto).
Eu perco-me no meio dos créditos, dos extras e das malhas taxativas da porcaria do sistema. Nunca sei de que crédito gasto, quando gasto. Se não era mais fácil somar todas as comunicações, chegar ao fim do mês e descontar os valores dos créditos? Pura conta de substracção. Mas, quê, gostam de complicar.

No meio disto, senti que andava a ser enganado. E quando eu sinto, está sentido, e ninguém retira uma ideia desta cabeça desconfiada (sim, sou quase como os ciganos).

Depois de 500 telefonemas, 200 esclarecimentos e finalmente uma factura detalhada, pus-me a somar as chamadas todas e, TCHANA! Alguma coisa estava, efectivamente, errada!

Tudo, porque a legislação mudou. Os preços das comunicações, agora, são taxados com IVA. Eu antigamente recebia 35€, sem IVA, de crédito. E, por incrível que pareça, nas facturas recentes (taxadas com IVA, repito), eram-me creditados 35€ com IVA e não os 41€ merecidos.

Telefono mais 10 vezes, falo com 10 pessoas que dizem que vão resolver o problema. Dão-me 10 números de processo e repetem-se: "vamos proceder à análise das facturas, dentro em breve voltaremos a contactá-lo". Contactam e dizem que os valores são sem IVA e eu canso-me de repetir: "somei todas as comunicações. Só me são creditados 35€"!

Certo é que já me começo a passar com isto.

Isto é má-fé! É escabroso! E eu não tolero! Papel de parvo, NÃO FAÇO!

Só me pergunto: quantos por esse país são enganados com eu fui?! Eu felizmente tenho amor ao dinheiro, tempo e sou (muito) desconfiado.

Por cá, continuarei com esta guerra com a OPTIMUS!

Com a influência da Isotretinoína, o stress dos exames e os nervos que me invadem, desconfio que na próxima ligação vou mandar a senhora da facturação apanhar favas e ver se as árvores são poliglotas.

Sem mais,
Luís Gonçalves Ferreira

2 comentários:

  1. lool

    és de morte Luisinho

    eu la me dava ao trabalho.. simplesmente abandonava a rede..

    n troco a mnha rede por nada lol nem qd veio a treta do TAG m convenceram tb so usei um mes pq n paguei aboslutamente nada lol

    por acaso tava na ideia de comprar o i-phone tb!!! mas prefiro juntar dinheirinho pa gastar na Áustria hehe

    beijoqa

    ResponderEliminar
  2. Muito coitadinho!

    A ser enganado... não se faz!

    :D

    ResponderEliminar

Vá comenta! Sem medo. Sem receio. Com pré-conceitos, sal e pimenta!