quarta-feira, 9 de setembro de 2009

O Reino de Cristal

Um dia, no meu Palácio, darei uma festa para mim. Sem ninguém. Alguém sentirá falta do suor das prostitutas e do calor da droga a destilar nas veias. Alguém sentirá falta do caviar e do champanhe. Alguém sentirá falta do Palácio e do Rei e da Corte. Alguém nunca esquecerá que os jardins são de ouro e vidro. Alguém fará descer a aurora do esquecimento sobre uma coisa qualquer. O Reino não será de carne, nem de matéria. Os jardins não serão verdes, nem com cor estereotipada. Nem o oiro será dourado como o oiro de verdade. Será tudo feito da diferença. Da diferença de olhar e de se ser quem não se é. Aliás, de ser quem jamais se foi.

Não sei quando tempo viverá o Rei e a Corte. Só espero pelo reino sem Rei. As almas sentirão falta do elo que as vincula. Nas relações humanas, o Rei e o Imperador são mesmo os sentimentos. Unidade? É por isso que devemos batalhar. Eu cansei-me. Cadé mais forças? Não desisto.

Aconselham-me a cagar e andar. E é isso que farei. Daqui em diante, serei Rei de quem mostrar ser merecedor da minha nobre Corte.

Luís Gonçalves Ferreira

6 comentários:

  1. Deveríamos fazer isso mais vezes.
    Não dar tanta importância, cagar mesmo na cena.
    Olhemos um pouco mais para o nosso umbigo, e não nos deixemos viver pelas influências do outros.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Clap-Clap-Clap!
    (é isso mesmo!!!)

    Beijooo!

    ResponderEliminar
  3. Não há melhor que a diferença, mais ainda quando ela esta nos nossos olhos =)

    A música do blog é linda *

    ResponderEliminar
  4. "É isso aí"
    Todos nós devíamos ter um palácio e deixar entrar apenas quem merecesse. Sem dúvida que temos de pensar em nós, e eu espero sinceramente ser merecedora da tua nobre Corte :) um beijinho

    (gosto MESMO da música)

    ResponderEliminar
  5. Ora aqui vai então sem medo e sem receio, mas aem pimenta porque prefiro piri-piri!

    Se cagares e andares não voltes NUNCA atrás para não pisares na merda que fizeste ;-)


    Abraço

    ResponderEliminar

Vá comenta! Sem medo. Sem receio. Com pré-conceitos, sal e pimenta!