terça-feira, 20 de outubro de 2009

Ataques nocturnos

Abundam, por estas bandas, uns ataques nocturnos ao frigorífico (frederico para certas e determinadas franjas da população). A coisa é agradável uma vez, tolerável segunda vez mas cansativa a partir daí. Eu nunca fiz disto vida, mas ultimamente o corpo tem implorado por um reforço extra. Eu cedo e cedo e cedo e cedo. Ora são tostas-mistas ora leite com Chocapic ora as horas a passar. Tudo acompanhado pelo visionamento da novela ou da série do momento. E divirto-me. O chato é mesmo ter de lavar os dentes segunda vez. A preguiça conflitua com as necessidades básicas e eu deixo-me ir. Há-de acabar, não é? 

Luís Gonçalves Ferreira

4 comentários:

  1. Hmmm... Não te quero assustar, mas tenho quase o dobro da tua idade e, desde que esse mal se apossou de mim, nunca mais parou. E já lá vão anos demais... ;)

    ResponderEliminar
  2. AnAndrade -Ai Jesuses, então é doença para se tornar crónica? Preciso de uns aros das portas novos, já estou a ver. ;) beijooo

    ResponderEliminar
  3. ehehe...
    isto faz-me lembrar k esta semana ou tomo o pequeno-almoço às 5h da manha ou ao meio dia... tb aconteceu jantar duas vezes, às 9h e à meia noite! ou como te aconteceu a ti acordar a meio da noite e ir comer umas tostas e beber um iogurte...e ir para as escadas do predio falar com o vizinho de cima! espero k nao seja doença... até pk eu tou a precisar d uma boa noire de sono!!!

    Beijinhuuu

    ResponderEliminar
  4. Nem imaginas, tem-se passado exactamente o mesmo comigo! Ontem, entre tentativas funestas de ir para a cama, lá se foram duas taças de cereais com chocolate e uma banana! Devem ser saudades da minha mãe, uma vez que ela costuma trazer-me ceias muito mais ligeiras para me aconchegar. Já me habituei ao facto de ficar com formas muito abeyonçadas no Inverno. Não há astros perfeitos :p bjinhoooooooooo

    ResponderEliminar

Vá comenta! Sem medo. Sem receio. Com pré-conceitos, sal e pimenta!