quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Até os carros engripam

Enquanto a chuva cai intensamente e os casacos fazem (finalmente) algum sentido, a polémica sobre Caim continua. Livro que, celeumas à parte, me cativa (como já afirmei no post anterior). Não pela polémica, mas sim pela escrita soberba do autor. De Saramago habituei-me a menosprezar a sua tendência político-ideológica. Sei que ele é de extrema-esquerda, mas continuo a gostar. Caim ainda não está na prateleira, por falta motivos comunicacionais.

Caro leitor, o meu querido automóvel avariou. Ando privado da minha vida pública (e da Universidade em particular), por culpa de uma avaria (aparentemente) pouco grave do sistema de embreagem. Enquanto espero que o mecânico receba as peças e me despache a situação, fico a viver o frio, a televisão, a internet e a falta de vontade para estudar. Reservo-me a uma vida tendencialmente estúpida e pouco estimulante. Dir-me-ão: Oh seu grande camelo, não existem transportes públicos e amigos (as) para te darem uma boleiazinha? Claro que existem, mas a vontade, na verdade bem dita, não é muita. Peco por esta monotonia que me preenche entre o calor das horas e o frio do espaço. Sabe-me bem, é o que é. Melhor, sei o que sou porque o carro engripou.

Luís Gonçalves Ferreira

5 comentários:

  1. Tu estás mase a aproveitar isso do popo para nao pores os pes na univ. és o safado dos safados! heheh
    não se lembra dos amigos que sentem a sua falta hein??

    Estás a aproveitar para ver a nova novela da sic não? essa música dos papas na lingua não me é estranha lol
    gosto muito!!!

    aproveite essas mini férias

    beijinhos***
    dra cromo filosfica

    ResponderEliminar
  2. vontade disso ninguém tem, mas no entanto...

    FAZ-TE MAS É HOMEM, SEU CARAGO. ESTÁS A DEIXAR AS GENTES RUDES E DURAS DO NORTE MAL VISTAS!

    beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Eu já vou a meio do Caim. Hoje acabo. Aquilo não se saboreia, devora-se!! Experimenta. (e não, não me parece que o Saramago seja de extrema-esquerda, nem nada que se lhe aproxime...)

    Beijões.

    ResponderEliminar
  4. AnAndrade - Não só o é como se assume como tal. É assumidamente comunista. Ai não me deixes curioso que o carro ainda não veio do mecânico. :D Beijooo

    ResponderEliminar
  5. Fizeste-me lembrar as pessoas que se esquecem do telemóvel em casa e já nao conseguem fazer nada o dia todo, sentindo-se perdidas ;)

    Abraço

    ResponderEliminar

Vá comenta! Sem medo. Sem receio. Com pré-conceitos, sal e pimenta!