sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Lágrima

Lágrima!
Tu que tropeças,
Rosto abaixo,
Quente e pura,
Crua e Cândida,
Neste olhar cabisbaixo.

Oh Lágrima que és fria.
Oh Morte que és gélida.
Oh choro que me matas.
Oh olhos que alegram e esvoaçam.

Alma que és quente,
Corpo que és frio.
Lágrima és tudo.
Beijo salgado reconfortante,
Amor escaldante,
Sorriso ardente,
Grito ofegante,
Berro estridente,
Vala de morte andante,
Saudade do viajante.

És Sentimento insípido,
Sem odor nem cor.
És Gente feita em matéria,
Na mais pura bravura,
Como quem cai e se levanta,
Com a força e a garra da Glória futura.

Oh Lágrima que me escorres,
Amassas e acorrentas.
Oh Lágrima que acalmas sem sentir.
Oh Alma que és água.
Oh Corpo que és líquido,
Lava-te e purifica-te!
Oh Lágrima volta!
Para Sempre.
Luís Gonçalves Ferreira

7 comentários:

  1. 1º apontamento: adorei a música da Pink.
    2º: um poema teu é raro de se ver = ânsia por ler.
    3º: Poema muito bom, e sobre algo tão comum a todos mas que é associado à tristeza. Fizeste relembrar as lágrimas de felicidade.
    4º: "Oh Alma que és água". Adorei essa frase, tão verdadeira, e purificante como tu dizes.

    E agora eu: chorem, chorem sempre que vos apetece, seja de alegria seja de tristeza...chorar faz bem :) (ajuda a limpar o rancor.)

    Beijinho comparça

    ResponderEliminar
  2. Andamos muito poéticos, andamos. Tá espectacular!

    E sim, mandar-me-ei para Lisboa se assim puder ser, já é um sonho que vem de lá de trás. (:

    ResponderEliminar
  3. Obrigada :)

    Gostei imenso do poema, btw. Está mesmo muito bonito! *.*

    ResponderEliminar
  4. Adorei o poema.... adorei a musica da Pink.... adoro chorar de alegria....
    e não estou inspirada para comentários...:)

    Beijinho....:D

    ResponderEliminar
  5. Gostei particularmente disto:

    "És Sentimento insípido,
    Sem odor nem cor.
    És Gente feita em matéria,
    Na mais pura bravura,
    Como quem cai e se levanta,
    Com a força e a garra da Glória futura."

    Um bom "exercício" sobre a Lágrima, sim senhor.

    ResponderEliminar

Vá comenta! Sem medo. Sem receio. Com pré-conceitos, sal e pimenta!