quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Uma pequena esquizofrenia

A vizinha da frente tem a luz exterior intermitente desde o princípio da noite. Se aquilo for qualquer coisa parecida com SOS, já deve estar morta. Se for avaria, consegue baralhar o neurónio piedoso e pôr em júbilo o insensível. E se a velhota está mesmo mal?

Não deve ser nada, coraçãozinho.
A família mora ali ao lado e a filha vai vê-la às 20H, todos os dias.

Luís Gonçalves Ferreira

8 comentários:

  1. ficas JA aqui a saber que este é, para mim, um dos teus MELHORES posts de sempre. adoro-o, nao estou a brincar.

    ResponderEliminar
  2. LOL Acalma o teu coraçãozinho. Duvido que a tua visinha conseguisse fazer com que a luz exterior ficasse intermitente de próposito (eu pelo menos nao consigo fazer isso com as minhas), por isso esquece o SOS. Possivelmente é mesmo avaria e ela ainda não se apercebeu.

    Adorei, adorei. Este post vai mudar a minha vida e , a partir de hoje, vou estar muito mais atenta aos meus visinhos.

    ResponderEliminar
  3. acho que o truque da senhora, é fazer te criar post's destes (;

    Deixo-te um beijinho, sem luz intermitente!
    :)

    ResponderEliminar
  4. Roberta Paliativa voltou?!´Como eu gosto desta senhora. E o tratamento por "coraçãozinho" não poderia ser outro... Muito bom!

    ResponderEliminar
  5. LOL e se a senhora está mesmo mal, Luís? quando é assim, é preferível passar por lá e perguntar se está tudo bem :$

    ResponderEliminar
  6. lool ;) espectacular :)

    gostei do itálico em que tentas acalmar (mesmo brincando) o teu coração... uma parte de nós fica sempre na dúvida ;)

    abraço

    ResponderEliminar
  7. LOL
    E ganhar coragem pra perguntar se está tudo bem?

    ResponderEliminar
  8. Afinal não sou a única pessoa que se deixa inquietar por coisas dessas!

    ResponderEliminar

Vá comenta! Sem medo. Sem receio. Com pré-conceitos, sal e pimenta!