segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Abalado

Custa muito perceber que me encontro a actuar a meia-velocidade. Estou a dar metade de mim e a usar metade do meu esforço. Ninguém é menos que alguém. À partida, temos todos as mesmas oportunidades. Eu lanço-me para além da previsão e sei que tenho mais vitalidade que isto a que me presto, todos os dias. O problema é que não consigo sair deste ciclo vicioso. Não sei como sair de mim.

Preciso de elogios, forças e energias. Ainda me dizem que estou a tempo de mudar o rumo das coisas...

Sem mais,
Luís Gonçalves Ferreira

5 comentários:

  1. Deixa-te ir.. Distraí-te com o tempo.
    Quando te deres por ti, verás que já tudo mudou, o rumo das coisas.

    ResponderEliminar
  2. Se calhar precisas de sair mais de casa, nem que seja para ir à universidade. Precisas de encontrar alguma coisa que te estimule.

    Claro que estás a tempo de mudar o ruma das coisas e sei que vais conseguir. Se achas que as coisas estão mal, não deixes piorar mais. (Eu sei que é muito fácil estar para aqui a falar, mas tenho a certeza que tens força para dar a volta por cima)

    Vá Luís, arregaça as mangas!

    ResponderEliminar
  3. hum, às vezes as circunstâncias podem não permitir mais ..

    adoro a voz da Keri Hilson na Supernova, e adoro Mr. Hudson, embora seja um pouco melancólico.. Mas há momentos para tudo, é certo :)

    Beijinhoos*

    ResponderEliminar
  4. E estás.
    E és.
    E não é um desânimo que (acredita-me!) acaba por, mais tarde ou mais cedo, tolher qualquer estudante universitário, neste país, nesta época, que vai parar o que és e quem podes ser.
    Não há remédios nem conselhos que te possa dar. Só um: NUNCA deixes de acreditar. Sobretudo em ti!

    Beijo!!

    ResponderEliminar
  5. Ergue a cabeçinha!
    Boçeja, espreguiça-te com toda a força, grita se preciso. Depois diz bem alto para que oiças sem qualquer dúvida: "sou eu quem tem que tratar bem esta preciosa coisa chamada, vida!"

    Beijo Luis :)

    ResponderEliminar

Vá comenta! Sem medo. Sem receio. Com pré-conceitos, sal e pimenta!