quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Saudade de Ary dos Santos

José Carlos Ary dos Santos, poeta-músico, génio inato, Ser que escreveu um povo nas entre-linhas dos seus versos. Ary dos Santos, autor de sucessos como Cavalo à Solta, Tourada, Desfolhada Portuguesa ou Menina, reanima-se hoje, volvidos 25 anos (e uns meses) da sua morte, pela mão de quatro mulheres. Mafalda Arnauth, Susana Félix, Viviana e Luanda Cozetti, trazem Ary no disco Rua da Saudade.

Numa selecção de 11 temas do vasto legado de Ary dos Santos, Rua da Saudade apresenta nova roupagem de canções singulares como Estrela da Tarde, Retalhos, Cavalo a Solta, entre outras. Um projecto único para se ouvir da primeira à última música, com interpretações que tocam diferentes sonoridades do pop, ao fado, passando pelo jazz e até o ritmo da bossa nova.

Projecto que, de per si, vale a pena e tem significado. Numa Era em que se revivem grandes vultos da música portuguesa, Rua da Saudade entusiasma-me e leva-me, quase de imediato, a adquirir o CD.

Deixo-vos Cavalo à Solta, numa interpretação de Viviane:



Sem mais,
Luís Gonçalves Ferreira

Sem comentários:

Enviar um comentário

Vá comenta! Sem medo. Sem receio. Com pré-conceitos, sal e pimenta!