sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Choro feliz



Ultimamente, principalmente quando estou em casa a estudar, tenho uma terapia diária de desanuviamento. Ligo o televisor na SIC, no programa Vida Nova, apresentado por Fátima Lopes, onde se abordam os problemas existenciais com os olhos postos no futuro. Lá encontro um local de choro feliz, onde há luta e sofrimento, mas um imenso alento e amor. Estou-me a tornar um velhinho de cem anos, é certo. Mas isto tem-me feito bem. Ajuda a esquecer os problemas e a dar valor à vida que tenho. Lágrima a lágrima fico bem mais leve. Ao ver os outros acabo por me conhecer melhor. Sei, acima de tudo, que sou uma pessoa mais sensível do que alguma vez imaginei. Ao fim, apago o televisor e continuo, como se tivesse vindo de um dos momentos mais engrandecedores da minha existência. Choro fácil, mas feliz.

Há coisas pelas quais me custa muito chorar. No choro triste a água sai mais rápido, como se das cascatas da alma se tratassem. As lágrimas de choro feliz são mais quentes, porque tenho tempo e alegria para as saborear e racionalizar.

Luís Gonçalves Ferreira

5 comentários:

  1. Ai credo :| Não tinhas nada mais deprimente pra ver não? Esses programas da manhã são só desgraças, não metem piadinha nenhuma, bah!

    É o que dá não quereres saber dos nossos 6 filhos, ficas aí a ver essas porcarias na televisão, é o que dá!

    P.s. ADORO-TE GOUCHA! LOOL

    ResponderEliminar
  2. Ana Paixão - 1.º não é só desgraças, é o uma postura positiva sobre a vida. E é disso que eu gosto: de postura. Tu bem sabes :D 2.º Não é de manhã é de tarde. E este programa tem qualidade, nem que seja pela grande Fátima Lopes, extremamente sensível e acessível. Beijaça, maridona!

    ResponderEliminar
  3. Bem primo, tenho-te a dizer que foste um anjo caído do céu.
    Depois de um dia como o que tive hoje nada melhor do que ver exemplos de vida assim e sentir que vale a pena aproveitar esta que curta ou longa é a nossa vida.

    Obrigada por partilhares momentos e histórias destas.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Borboleta - De nada. Afinal de contas é para isso que estou aqui: partilhar os meus momentos convosco. Beijoca grande, prima.

    ResponderEliminar
  5. Eu até gosto do sabor das lágrimas :D

    ResponderEliminar

Vá comenta! Sem medo. Sem receio. Com pré-conceitos, sal e pimenta!