domingo, 24 de janeiro de 2010

Sou mesmo fixe*

Ora, eu, Luís (não interessa) Gonçalves Ferreira, filho da AGo. e do DFe., irmão da RFe. , JFe. e DFe., estou, neste momento, acordado. E porquê?, há-de perguntar o meu leitor curioso. Pois que a DFe., minha irmã, briosa profissional da Medicina, amiga dos seus amigos, estacionou o seu automóvel no parque subterrâneo ao fim da tarde. Esqueceu-se de verificar o horário de fecho (talvez não contasse que o seu auxílio demorasse tanto). O bendito parque encerrava às 00H. A querida irmã chega ao parque às 3H e depara-se com as portas fechadas, luzes apagadas e coisas acabadas em adas que tenham que ver com parques. Estava a uns 20Km de casa.
Quem é o bombeiro? O Luís. Quem foi buscar a menina? O Luís. Quem é o cavalheiro e o irmão fixe? O Luís. Ainda me dizem que eu não sou um ser humano formidável... Só me fio no espelho. E mais nada.
Já fiz a minha boa acção de hoje (como ela fez a dela ao ajudar quem precisava). Já não preciso de plantar uma árvore. E sim, eu tenho um ego mesmo mesmo pequenino.
Boa noite!

Luís Gonçalves Ferreira

* Amigos/leitores brasileiros, fixe, em Portugal, quer dizer formidável, espectacular, maravilho. 

9 comentários:

  1. Luís, me divirto com você! E esse ego pequenino?! Ah, vá lá! Nem é assim tão grande, o coração é bem maior!

    Muito bom, cavalheiro! Fez muito bem o papel de único filho homem da casa!

    És bonzinho, Luís! Pare de negar tanto sentimento! Hehehe

    Abraços.

    ResponderEliminar
  2. É nestas circunstancias que dá jeito ter uma irmão com carta...:D Já viste a sorte da tua mana...:)

    Beijinho*

    p.s. apesar de não andar a comentar, ando sempre atenta aqui ao teu blog...;)

    ResponderEliminar
  3. ah muito bom sim senhora! já me aconteceu também ter ficado "apeada" e ligar também ao senhor mano às 4h da manhãzinha... enfim (: os manos são uns queridos quando querem :)

    ResponderEliminar
  4. Se eu fosse a ti ponderava... para quê um curso de Direito se já sabes que tens futuro como bombeiro ou taxista?
    Como não tenho irmãos, se um dia me acontecesse o mesmo era só tirar o cartão do Luís Ferreira Taxista da carteira.

    ResponderEliminar
  5. És um tipo mesmo fiche e humilde :P
    Vá, mas é assim mesmo, ajudar é uma ajuda em 1º a nós mesmos (:
    Um beijinho Srº Bombeiro Luis!

    ResponderEliminar
  6. Em resposta ao meu texto, e ao seu comentário deixado à mim, achaste então uma oportunidade para demonstrar que és cavalheiro? rs

    Na verdade, de longe se sente que és cavalheiro, gentil e um ótimo irmão pelo visto.

    Beijos e um bom domingo Luís.

    ResponderEliminar
  7. Ahhh, eu quero um irmão assim... :(

    Ah, vá lá, meu irmão é do jeitão dele, mas, também é gente boa, assim como você!

    Um beijo! Manda aí, um beijo para os seus!

    ResponderEliminar
  8. Diz lá se não foi uma boa experiência teres ido à cidade grande?! Hein?
    heheheh

    Dra Cromo Filosófica

    ResponderEliminar
  9. Anónimo - O Hospital era o de Braga, não o de Guimarães. Ela estava lá a prestar auxílio a uma amiga nossa. Desconfio que em Guimarães nem parques subterrâneos há. AHAHAHAHAH (Eu sei o teu nome) LOL. Beijoca, DMa.

    ResponderEliminar

Vá comenta! Sem medo. Sem receio. Com pré-conceitos, sal e pimenta!