quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Bobeira ou bobagem?

Tenho saudades de chorar. A sério. A fingir até os actores conseguem. Às vezes duvido-me e não consigo fazer a minha auto sessão de psicanálise. 

*
Um dia escrevo um livro multi-temático. 

Luís Gonçalves Ferreira

8 comentários:

  1. Eu sou pessoa de pouco ou nada chorar. Ás vezes preferia que nao fosse assim . Ás vezes preferia conseguir deitar tudo cá para fora com lágrimas, preferia que o meu mundo desabasse em lágrimas, em vez de apertos . Também eu tenho saudades de chorar ...

    Um beijo *

    ResponderEliminar
  2. És o avesso de mim. Quem me dera guardar tudo para mim, mesmo que me fizesse mal!


    Raio de lágrimas, odeio-as com todas as minhas forças!


    Beijo Luis, grande beijinho **

    ResponderEliminar
  3. Saudades de chorar é coisa que nunca tenho.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Ideia do livro: APROVADÍSSIMA.

    Ideia das lágrimas: Hmmm... não gosto por aí além de chorar e ultimamente não tenho tido vontade alguma. Mas quando tenho... oh pázinho, isso é deixá-las sair a TODAS!!! (parecendo que não, é uma forma de combater a tão temida retenção de líquidos...)

    ;)

    ResponderEliminar
  5. Contrariando a idéia negativa que paira sobre as lágrimas, eu digo, me faz bem chorar. Isso porque acredito que chorar é uma consequência, e não a causa de uma angústia, de uma dor, ou algo assim. Há quem não sinta-se melhor chorando, o que não é o meu caso. Chorar, para mim, é um alívio ao corpo e principalmente a alma. É extravasar sentimentos, é ficar mais leve.

    Quanto ao livro... Já devia ter começado!!

    :D

    Abraços, querido Luís.

    ResponderEliminar
  6. Às vezes sinto o mesmo, sinto que preciso de chorar. E uma verdade é que, quando choramos, fica tudo mais leve.
    Beijinhos Luís ;)

    ResponderEliminar
  7. Chorar às vezes faz tao bem! Ajudas-nos imenso a deitar ca para fora tudo o que nos atormenta!
    Beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar

Vá comenta! Sem medo. Sem receio. Com pré-conceitos, sal e pimenta!