domingo, 14 de fevereiro de 2010

Gula

Eu hoje descobri que gosto imenso de mim. Até me auto-congratulei com uma fatia de bolo em formato de coração e tudo. Nada como a gula para apaziguar os corações. Inhami.

Luís Gonçalves Ferreira

8 comentários:

  1. E fizeste muito bem.Amanhã também vou tratar de saciar a minha gula - é tão bom.

    Beijinho Luís, espero que esteja tudo bem.

    ResponderEliminar
  2. Eu fui mais com chocolates. É assim a minha vida de solteira.

    ResponderEliminar
  3. É de facto um substitudo do amor quase à altura :p
    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  4. E no dia em que se comemora o amor, nada melhor que comemorar o amor-próprio!!

    Muito bem!

    Abraços.

    ResponderEliminar
  5. E viva o amor próprio! Ah, é tão bom apaixonar-se por si mesmo!

    Beijoooooooooo!

    ResponderEliminar
  6. Eli - Seja bem-vinda. Desculpa só dar as boas vindas hoje, mas estava em tempo de exames e a minha memória já se sabe que não é a mesma. É um hoje como quem diz "particularmente hoje". Obrigado por aqui estar. :)

    ResponderEliminar

Vá comenta! Sem medo. Sem receio. Com pré-conceitos, sal e pimenta!