segunda-feira, 8 de março de 2010

Status

Quando a inspiração falha o corpo fica mole, a alma parece triste e a cabeça cansada. Quando a inspiração falha cala-se um vazio nos espaços que vamos ocupando, por que nada serve de estímulo a uma boca calada, quase frígida de tão silenciosa. Não é um estado de alma, mas um cansaço acumulado de não ter prestação nem esforço que valha a uma alma insatisfeita, cheia de nada, pobre por dentro e por fora. Já não há nada, neste suave bater de asas. 
Durante este interregno que decidi fazer à blogosfera (pelo qual, desde já, peço desculpa) pensei, muitas vezes, em acabar com o blogue. Não por que já não acreditasse nas virtudes deste submundo virtual, nem por que deixasse de crer que as amizades que por aqui valem a pena. Simplesmente fiz silêncio, pensei, e passou-me isso pela ideia. Aconteceu como nunca havera acontecido antes... 
Ainda com pouca energia, varri aquelas ideias da cabeça e prometi-me voltar. Afinal de contas, sempre me prometi que não iria fraquejar aqui, num reflexo da falta de sentido em alguns quadrantes da vida. Crendo ou não nos que vos digo, afirmo-vos que este espaço é, inteiramente, uma continuação da minha existência quotidiana. Sou precisamente o mesmo, daí levarem, incansavelmente, com os meus melhores e piores estados de alma.
Não vos prometo que estou 100% de volta, com a frequência que eu mereço e que todos merecem de mim.  Mas voltarei, aos poucos. Disso tenho a certeza.
Senti necessidade, hoje, aos 8 de Março, de vos dizer qualquer coisa sobre mim. 
Obrigado por ainda aí continuarem.

Sem mais,
Luís Gonçalves Ferreira

4 comentários:

  1. lack of inspiration - o meu estado

    ResponderEliminar
  2. fizeste tu muito bem em não ter acabado com o blogue. esses pensamentos assombrosos não são bem vindos. é erger-se e seguir em frente. eu, e certamente não apenas eu, gosto de saber que estás de volta.
    beijinhos, Luís. *

    ResponderEliminar
  3. Ainda bem que so vejo este post agora. Porque já escreveste mais dois :) Se nao iria dizer que o uso continuado da web so porque sim, pode dar nisto, ou que o facebbok tambem nos (des)ajuda na concentração levando-nos mais para o principio do prazer e do lazer.

    Grande abraço e atreve-te a deixar a blogosfera... Atreve-te!!!! E digo mais: ATREVE-TE!

    ResponderEliminar
  4. Mas estamos bem? Aqui ou não, o que realmente importa é que você esteja bem.

    Mas saiba que sentirei sua falta se abandonar o blog! :(

    ResponderEliminar

Vá comenta! Sem medo. Sem receio. Com pré-conceitos, sal e pimenta!