sábado, 3 de julho de 2010

Ao que isto chegou

Eu juro que queria estar mais presente. Eu juro que gostaria de voltar em força, como dantes. Eu juro... mas estou sem forças. Completamente. Perante isso, peço-vos compreensão. E deixo-vos carinho. Nestas palavras. Obrigado por tudo, especialmente pela presença. É óptimo ter esta caixa de mensagens sempre à mão e tanta gente amiga para dar aquela força. 

Um enorme cumprimento (terno),
Luís Gonçalves Ferreira

Sem comentários:

Enviar um comentário

Vá comenta! Sem medo. Sem receio. Com pré-conceitos, sal e pimenta!