quarta-feira, 18 de junho de 2014

O trivial e o que te faz feliz

As trivialidades são quase sempre o mais importante. É das coisas pequenas que se inunda a vida. Não há-de haver assunto entusiasmante todos os dias, mas existe um elo comum de coisas semelhantes que se partilham e sustentam a construção de uma relação. Nisso, as relações são como a felicidade: há pingas dela que são tão absolutas que te deixam anestesiado, mas a maior parte do tempo estás com os pés molhados em água velha, nas pequenas felicidades que sabes de cor e já nem valorizas.

Luís Gonçalves Ferreira

Sem comentários:

Enviar um comentário

Vá comenta! Sem medo. Sem receio. Com pré-conceitos, sal e pimenta!